top of page

[NOVO] Análises da pesquisa: Lei de Alienação Parental e a violência contra mulheres e crianças

Atualizado: 17 de abr.


Em 2024, uma pesquisa online realizada pelo Coletivo Mães na Luta e movimento Ocupa Mãe, com 76 respondentes (75 mulheres e 1 homem), mostrou que a violência institucional de gênero é uma séria ameaça ao acesso das mulheres bem como de seus filhos à justiça.


Dentre o total de respondentes, 75% (57 mulheres) reconheceram a si e/ou seus filhos como vítimas de violência doméstica e familiar e/ou explicitaram situação de violência perpetrada pelo genitor.


Dentre estas, 84% (48 mulheres) relataram que seus filhos foram testemunhas da violência doméstica sofrida.


Ainda nesse recorte de mulheres e/ou filhos vítimas de violência por parte do genitor, 58% (33 mulheres) informaram que foram ou estavam sendo processadas por alienação parental.


Quando questionadas se as decisões judiciais perpetuaram a violência doméstica e familiar, 75% (43 mulheres) responderam que sim.


Quando questionadas se uma grande parte de sua renda foi ou é direcionada para esforços de defesa judicial de seus filhos, 89% (51 mulheres) também responderam positivamente.




101 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page