Sistema de Divulgação de Violência Doméstica - Reino Unido

Há no Reino Unido, um sistema de Divulgação de Violência Doméstica


O objetivo do sistema é oferecer um mecanismo formal de consulta sobre uma pessoa com quem se tenha um relacionamento, ou que tenha um relacionamento com alguém conhecido, quando há a preocupação de que essa pessoa possa ser violenta com o(a) parceiro(a).

Se, de acordo com as verificações da polícia, a pessoa tiver um histórico de violência, ou outras informações indicarem que a outra pessoa corre risco, a polícia considera compartilhar essas informações com a(s) pessoa(s) que estiverem em uma posição de proteger a vítima potencial.



Na imagem acima, um panfleto para pessoas que desconfiam que um(a) conhecido(a) pode estar em um relacionamento em que há risco de violência doméstica.


A polícia então discute com você suas preocupações e decide se é apropriado fornecer a você mais informações para ajudar a proteger a pessoa que está no relacionamento com a pessoa em questão.


O objetivo do sistema é possibilitar a vítimas potenciais fazerem escolhas informadas sobre a continuidade do relacionamento, e oferecer ajuda e apoio para auxiliar a vítima potencial nessa escolha informada.


Quem pode solicitar a divulgação das informações:

• qualquer pessoa que se preocupe que uma pessoa em um relacionamento íntimo com outra possa feri-la

• qualquer terceiro, como mãe/pai, vizinho(a) ou amigo(a) pode fazer a solicitação, não só a vítima potencial; no entanto,

• o terceiro não necessariamente recebe as informações sobre a pessoa em questão. Pode ser mais apropriado que outra pessoa receba as informações, como a vítima ou outra pessoa que estiver em melhores condições de proteger a vítima potencial.


Passo 1 - Contato com a polícia


A solicitação é feita entrando em contato com a polícia, pessoalmente, por telefone (101) ou falando diretamente com um policial na rua.


A polícia então obtém detalhes do motivo da sua consulta e natureza da relação com a vítima potencial e seu parceiro. Também pergunta quando e onde é seguro entrar em contato com você de novo. Você precisa informar seu nome, endereço e data de nascimento. Em um estágio posterior, será necessário apresentar sua identidade.


A polícia faz verificações iniciais com base nas informações fornecidas, e realiza uma avaliação de risco inicial. O objetivo é determinar se há motivo para atenção imediata. Essa verificação não será feita na sua presença.


Se, ao falar com a polícia, você alegar que um crime já ocorreu (se você testemunhou alguém batendo no(a) parceiro(a), por exemplo), a polícia pode investigar o caso como crime e prender a pessoa.


Se a polícia acreditar que alguém está correndo risco e precisa de proteção, serão tomadas medidas imediatas.


Só haverá divulgação de informações nesse estágio se for necessário para a proteção imediata da vítima.


Passo 2 - Conclusão da solicitação pessoalmente


Dependendo do resultado do primeiro estágio, pode ser necessário que você compareça pessoalmente na polícia, para definir outros detalhes sobre o motivo da sua solicitação, sua relação com a potencial vítima e seu parceiro, e avaliar o risco potencial. Você também deverá apresentar um documento de identificação com foto (ou outra identificação aceita pela polícia).