top of page

Resposta do Governo Federal para nosso pedido de envio de cronograma para atendimento das recomendações da ONU

Enviamos um pedido formal ao Governo Federal solicitando o cronograma das tarefas para atendimento às recomendações feitas pela ONU para o enfrentamento da violência contra mulher e crianças.


Nesse post anterior, falamos sobre o relatório do CEDAW, a Convenção da Mulher da ONU, e em como é importante divulgarmos esse relatório para nossos coletivos e conselhos.



Em 11 de Junho de 2024, enviamos um documento formal ao governo federal e no dia 17 de Junho recebemos uma resposta dizendo que o pedindo foi encaminhado ao Ministério das Mulheres.


Abaixo, a resposta que recebemos do governo federal.

Fizemos o ofício em conjunto com o Coletivo Mães na Luta, e a resposta foi endereçada à pessoa que assinou o documento eletronicamente. Por questão de privacidade, retiramos a identificação do nome das pessoas envolvidas.



O pedido foi realizado através do sistema SUPER do Governo Federeal.

Neste link tem toda a explicação necessária para ser fazer um pedido da forma que fizemos.


Ao fazer o login no sistema, você clica em Processo Novo e escolhe quem irá receber o pedido. Enviamos para "Documentos para o Protocolo Central da Presidência da República".




A seguir, uma exemplo de como montar um documento semelhante ao que enviamos.


Primeiro, abra um editor de documento. Usamos o google docs.


Na primeira linha, coloque o número do ofício. Esse número é para organização interna e você pode colocar o número que desejar. Caso seja seu primeiro ofício, recomendamos colocar "Ofício n° 01/2024".

A seguir, coloque a cidade, o dia de hoje e as formalizações para indicar que o pedido é ao presidente da república.

Pule duas linhas e coloque o título com o assunto do pedido e abaixo o que você está pedindo.

Termine o texto com um agradecimento, seu nome, seu CPF e a assinatura.


Deixamos aqui um sugestão de texto.

---------------------

Ofício nº 01/2024


Cidade, 23 de Junho de 2024


Ao Exmo. Sr. Presidente

Luis Inácio Lula da Silva

Presidente da República

Brasília - DF 


Título: Encaminhamentos sobre a recente recomendação da CEDAW/ONU ao governo brasileiro



Exmo. Sr. Presidente,


Eu, nome completo, venho respeitosamente, solicitar ciência dos encaminhamentos sobre a recente recomendação da CEDAW/ONU ao governo brasileiro.


O Comitê da Convenção da ONU sobre a Eliminação de Todas as Formas de Discriminação contra as Mulheres (Comitê CEDAW ) recomendou ao governo brasileiro, em seu relatório CEDAW/C/BRA/CO/8-9, de 3 de junho de 2024, no item 53-a, revogar a Lei de Alienação Parental, eliminar a discriminação de gênero no âmbito judicial e garantir que os tribunais nacionais deem a devida importância às situações de violência doméstica e familiar, e ao melhor interesse da criança na definição de guarda e convivência após o divórcio.


Reconhecendo a importância crucial da recomendação emanada pela CEDAW, manifesto meu irrestrito apoio à mesma e entendo que tal recomendação representa um passo fundamental para o enfrentamento à violência contra mulheres e seus filhos, crianças e adolescentes.


Solicito, por fim, que o governo federal envie, com urgência, cronograma de tarefas que serão realizadas para o imediato cumprimento de todas as recomendações vindas do relatório, com destaque à revogação da Lei de Alienação Parental, eliminação da discriminação de gênero do sistema de justiça e a devida consideração das situações de violência doméstica e familiar nas ações de família, por meio do meu e-mail: coloqueseuemail@email.com



Muito respeitosamente,

Coloque seu nome

CPF: _________________

---------------------


Lembramos que todo nosso trabalho é voluntário e precisamos de apoio financeiro para continuarmos divulgando ações como essas.


A política precisa ser para todos e buscamos sempre informar como mães e crianças podem fazer para participar com mais assertividade dos espaços políticos!


Faça um pix com qualquer valor para ocupamae@gmail.com



6 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page