Celebração de 1 ano - PL 9055 parado desde junho/2021


montagem com fundo verde escrito "Celebração de 1 ano - PL 9055 parado desde junho/2021". Abaixo a foto de um bolo amarelo, com uma vela amarela com o número 1 e um bebê tocando no bolo. Abaixo da foto, está o endereço da campanha ocupamae.com/escolasemtarifa

O PL 9055 fala sobre a isenção de tarifas bancárias das escolas públicas.

Temos uma página só para falar disso. Conheça nossa campanha Escola sem Tarifa.


Desde junho de 2021, o deputado federal Alexis Fonteyne, do NOVO, é o responsável por fazer o PL caminhar, mas ele optou por ignorá-lo.

O PL precisa passar pela comissão de finanças, para seguir um longo caminho de aprovações.

Conseguimos apoio do Orlando Silva, do PC do B. Ele tem interesse em ser o responsável pelo PL, porém não pode assumir o cargo sem a aprovação do Alexis.

Outro caminho possível, para que a Escola sem tarifa aconteça, seria uma instrução normativa vinda do Conselho Monetário do Banco Central. Se você conhece alguém que trabalhe lá, nos avise. Nossos emails foram ignorados. Outra opção, a mais rápida e fácil de todas, seria o Banco do Brasil abrir mão da tarifa e orientar que todos os gerentes façam a isenção das contas de instituições públicas de ensino. (Tá difícil demais!) E estamos com pressa. Tem escola que paga mais de R$ 1000 por ano para os bancos. Esse dinheiro faz muita falta para as escolas. Falamos mais disso aqui. Participe da celebração e nos ajude a mostrar para o Banco do Brasil que o dinheiro da escola precisa ficar na escola. Como participar: 1- Combine um encontro de crianças próximo a alguma agência do Banco do Brasil. 2- Prepare cartazes de conscientização: - Mais dinheiro nas escolas. - Escola sem tarifa - Banco, deixe o dinheiro na minha escola! 3- No dia do encontro, sente-se próximo a agência e explique para as pessoas que as escolas públicas estão fazendo rifa para pagar as tarifas bancárias. Estenda uma toalha, coloque frutas, cartazes e chame as crianças para explicar junto. 4- Tire fotos e marque o @ocupamae junto com a #escolasemtarifa Não recomendamos frases que possam soar como ofensas ao Banco do Brasil ou que gerem diretamente um constrangimento aos clientes da agência.


Participe com a gente! Quanto mais gente participando, mais chance temos de conseguir que as escolas parem de pagar tarifas bancárias!


14 visualizações0 comentário